Cutelaria, Ferramentas, Outdoor

Descubra os 9 itens que não podem faltar para os iniciantes de Bushcraft

março 17, 2021
Tempo de leitura 10 min
Gostaria de praticar Bushcraft, mas não sabe por onde começar? Confira aqui os 9 itens essenciais para quem é iniciante.

Pouco conhecido no Brasil, o Bushcraft é uma maneira de estar na natureza composta por um conjunto de habilidades usadas por aqueles que querem viver em áreas naturais, tirando seus proventos e necessidades do próprio ambiente. Quem pratica Bushcraft leva ferramentas na mochila e técnicas de sobrevivência na cabeça. Sem contar o gosto por aventura, claro!

Muita gente pensa que Bushcraft significa ir para o meio do mato somente com uma faca, caçar para se alimentar e dormir em embaixo de alguma árvore. É verdade que essas atividades fazem parte, porém a prática não se resume a isso. É possível viver o Bushcraft em diversos níveis de dificuldade, ninguém precisa encarar grandes desafios logo de cara; não só está tudo bem, como é muito mais seguro ir provando aos poucos. Outro mito sobre o Bushcraft diz respeito ao investimento, quer dizer, ao dinheiro necessário para conseguir os equipamentos básicos. É comum cair no papo de que é preciso comprar as facas mais caras, a roupa especial que só existe no exterior ou os kits de cozinha com tecnologia de ponta.

Sinto que esses dois pontos – situações de extrema dificuldade e orçamentos exorbitantes – afastam quem está pensando em começar. E não é bem por aí. É possível praticar Bushcraft com diferentes orçamentos e é possível viver a experiencia de maneira segura e confortável.

Pensando nisso, montei essa lista de 9 itens essenciais para quem deseja iniciar as práticas de Bushcraft com segurança e tranquilidade no bolso.

Muito importante: além dos itens desta lista, é essencial para qualquer praticante de atividades outdoor, avisar amigos e familiares sobre seus planos, para onde está indo, quanto tempo pretende permanecer lá e possuir um bom sistema de navegação. Seja uma bússola ou um GPS, saber se localizar e para onde seguir vai garantir a segurança e a diversão de todos os envolvidos.

Bom, chega de suspense! Aqui vai a lista…


1 – Para organizar

Para transportar tudo de forma organizada e segura, uma mochila é imprescindível. Os modelos mais conhecidos e utilizados, são as mochilas cargueiras ou militares. Se a aventura for de 2 dias ou mais, uma mochila de 35 a 45 litros já deve ser capaz de acomodar tudo que você precisa levar (sem fornecer espaço extra para itens desnecessários). Se for possível, vá até uma loja e experimente a mochila antes de comprar. Coloque nos ombros, ajuste ao seu corpo e prove os fechos. A mochila deve se encaixar como o casco da tartaruga: como uma extensão do seu próprio corpo.


2 – Para vestir

Outro item fundamental é o que vai proteger nosso corpo, principalmente as pernas e os pés. Procure levar uma calça que seja resistente a espinhos, arranhões e ralados e um calçado de cano alto para evitar torções e acidentes com animais rastejantes. De resto, pense em roupas confortáveis, tecidos que deixam a pele respirar, algo para o frio e algo para o calor.


3 – Para cortar

Um dos itens mais conhecidos e mais importantes, as ferramentas de corte são utilizadas na maioria das atividades do Bushcraft. Existem ferramentas de corte de todos os tamanhos, modelos e preços, mas com a lâmina certa já é possível estar pronto para diversas situações. Entendo que uma lâmina fixa com o perfil de fio/corte conhecido como “Scandi” ou “Escandinavo”, será de grande valia para entalhes em madeira e outras atividades do gênero. Por exemplo, a Morakniv Basic 511 Limited 2020 Carbon é uma boa faca de entrada, muito indicada para a prática do Bushcraft, tanto por seu valor acessível e quanto pelo seu ótimo desempenho para trabalhos de entalhe, trazendo mais segurança às atividades. A Morakniv é bastante conhecida em todo o mundo pelos praticantes do Bushcraft e se tornou uma referência no meio pela alta qualidade de suas lâminas, atestada ao longo dos mais de 130 anos da marca, e por ser um produto duradouro e confiável.

Uma serra também é importante. Recomendo uma serra de poda articulada porque, além de ocupar menos espaço, é mais segura já que a lâmina fica retraída. Na verdade, serras são mais seguras do que facas para muitas tarefas, então pode ser interessante adquirir primeiro uma serra para começar a manusear as ferramentas de corte. As duas ferramentas juntas formam uma combinação poderosa com pouco peso e preço acessível.


4 – Para afiar

Ainda sobre ferramentas de corte, como o uso da lâmina é recorrente nas atividades de Bushcraft, é muito importante mantê-la afiada. É aí que entra o Kit de afiação! Uma faca bem afiada corta com mais eficiência e também reduz o risco de acidentes.  A manutenção pode ser feita em casa ou também dá para levar se a estadia for mais longa.


5 – Para socorrer

Existem algumas verdades que são universais e uma delas é que “acidentes acontecem”. Se é o seu primeiro dia no meio do mato ou se já passa mais tempo praticando Bushcraft do que em casa, todas as atividades devem sempre ser feitas com atenção e cuidado, e, ainda assim, acidentes podem acontecer! O kit primeiros socorros é um item essencial e o que se leva nele deve ser muito bem pensado. No meio do mato somente aspirina e band-aid não vão ajudar muito, mas levar a farmácia inteira também não é ideal. Recomendo que assistam vídeos como esse, onde profissionais como Samanta Chu irão mostrar o essencial para um bom kit de primeiros socorros.


6 – Para aquecer

A capacidade de produzir o fogo é, provavelmente, a habilidade mais importante de Bushcraft e fazer fogo em qualquer condição – com chuva, com vento, muita humidade e etc. – é o que separa os praticantes de Bushcraft da população em geral. Além do prestigio, garantir a fogueira é essencial para a sobrevivência no meio do mato. Então, o que é necessário para fazer fogo? No Bushcraft se pratica vários métodos de fogo contemporâneos e primitivos. Uma das ferramentas mais populares são as pederneiras pelo fato de funcionarem mesmo depois de molhadas, além de durarem por um longo tempo, devido ao pouco desgaste do material a cada uso. Para maiores detalhes sobre como usar a pederneira, você pode ver um vídeo meu aqui. Ray Mears sempre cita que o Bushcraft “é a mistura do velho com o novo” e colocar nossa dependência apenas em métodos primitivos de confecção de fogo, principalmente para o iniciante, pode não ser uma boa idéia. Devemos sempre ter em mente que a utilização de formas contemporâneas para obtenção de fogo é bem aceita e ter conosco tais ferramentas. Leve um isqueiro, algum facilitador de combustão, garanta o fogo para cozinhar seu alimento, haverá muito tempo para praticar essa arte.


7 – Para hidratar

O corpo humano é formado, em média, de 70% de água. Portanto, pode-se assumir que água é mais importante que a comida para nossa sobrevivência. Levá-la vai adicionar alguns quilos à mochila, mas é um peso indispensável. Quando estiver planejando a viagem, calcule o mínimo de dois litros de água por dia para hidratação direta. Se a proposta é de uma estadia longa, existem outras maneiras de garantir água potável. Uma das maneiras mais simples e eficientes de purificar a água encontrada no ambiente é ferver antes de consumir, mas para aquele momento em que montar uma fogueira, esperar a água ferver e resfriar não seja possível ou mesmo conveniente, um filtro portátil é a solução! Existem diversos modelos, alguns são uma espécie de canudo, outros vem em formato de garrafinha de água; cada um deve buscar o que lhe pareça melhor. Você pode ver mais sobre esses equipamentos neste vídeo! De qualquer forma, o importante é manter-se hidratado sem correr o risco de ficar doente. Por mais cristalina que a água de um córrego possa ser, não se engane! As bactérias ou protozoários que vivem aí podem fazer muito mal ao corpo humano. Outra opção muito acessível são os tabletes de cloro para purificação de água.


8 – Para abrigar

Seja pra passar o dia, uma noite ou várias, montar um abrigo é essencial. Nada impede o uso de barracas, principalmente em lugares muito frios ou regiões com concentração de animais peçonhentos. Vai continuar sendo Bushcraft! Agora, para armar seu próprio abrigo, recomendo levar no mínimo uma lona de 3×3 metros com ilhós ou cordões, para facilitar a montagem da maneira necessária (pode ser presa ao chão ou presa às arvores, por exemplo). O kit todo é bem sucinto. Além da lona, leve paracords (são cordas de nylon notórias pelo uso em paraquedismo) e alguns espeques de barraca. Com isso, um pouco de criatividade e elementos da natureza – estacas de madeira, folhas largas – não será difícil montar um bom abrigo. Os paracords possuem 7 filamentos internos, que podem ainda servir como linha de pesca ou para o reparo de roupas e equipamentos. Por esses motivos eles são altamente recomendados. Além do necessário para montar o abrigo, não esqueça de pensar onde irá dormir. Se for no chão, um isolante térmico é importante; um saco de dormir também será essencial para uma noite confortável e com temperatura corporal regulada (a outra opção é levar uma rede, existem umas especiais para esse tipo de aventura).

Atenção: Estudar um pouco sobre nós e amarras facilita muito a vida aventureira!

9 – Para cozinhar

Quando pernoitemos no mato, queremos preparar alimentos junto à fogueira. Para isso, precisaremos ter, no mínimo, uma panela para ferver água e uma boa opção são os modelos que possuem alças ao invés de cabo, pois podemos usá-las penduradas sobre a fogueira. O material mais utilizado é o aço inoxidável e panelas com formato mais verticais, com paredes altas, são bastante comuns entre os praticantes. Elas são ótimas para ferver água, ou preparar alimentação pra uma ou mais pessoas. Existem muitas opções de formatos e tamanhos, escolha conforme sua preferência pessoal. O importante é que sejam curingas, ou seja, que dê para preparar várias coisas com uma mesma panela.

Quanto aos talheres, podemos utilizar os de casa, ou comprar modelos menores, que são pensados para esse tipo de atividade e de fácil transporte e feitos de vários materiais como metal ou plástico. Algo que pode ser interessante para quem está começando e quer praticar fazer as próprias ferramentas é a criação de uma colher de madeira usando a prática conhecida como carving ou entalhe. Outra boa opção pra treinar entalhes é fazer um tipo de gancho de madeira que poderá ser usado para segurar panelas e vasilhames sobre a chama da fogueira.


CONCLUSÃO

É preciso entender que esses são alguns dos itens básicos para você iniciar na prática do Bushcraft, mas que eles podem ser adquiridos com o tempo, sem pressa e dentro das possibilidades financeiras de cada um.

Para uma boa experiência com esses equipamentos é preciso ter em mente que o ciclo só se fecha de forma eficaz, quando obedecemos ao “TRIÂNGULO” do Bushcraft:

Adquira o equipamento que precise ➟ Informe-se sobre seu uso ➟ Vá para o meio do mato praticar ➟ Conquiste novas habilidades!

Ou seja, depois de adquirir algum equipamento, temos que estudar sobre seu funcionamento e praticar seu uso. Só então criaremos habilidades com esses equipamentos.

Então é isso, convido a todos a aproveitarem aquilo que o Bushcraft pode proporcionar, nos reconectando ao mundo natural.

Selva!

Você também pode gostar

6 Comentários

  • Responder Daniel Guizelini março 17, 2021 at 3:43 pm

    Valeu Costa, ótimo artigo.

    • Responder Humberto Costa julho 6, 2021 at 12:25 pm

      Vlw Daniel!!

  • Responder Alexandre Souza Lima março 18, 2021 at 1:02 pm

    Muito bom e esclarecedor depois do curso então ficou bem mais claro o uso e a necessidade dos equipamentos
    Vlw ótimo artigo

  • Responder Valentes Bushcraft março 18, 2021 at 1:54 pm

    Que artigo pratico, simples, mas maravilhoso, Gratos por compartilhar, mestre Humberto

  • Responder Humberto Costa julho 6, 2021 at 12:26 pm

    Obrigado a todos!

    • Responder Crosster julho 6, 2021 at 7:27 pm

      Olá Humberto!
      O prazer foi todo nosso em ter um artigo de autoria sua por aqui!

      Atenciosamente,
      Equipe Crosster
      #SemprePreparado

    Deixe um comentário